Bioquímica na UFSJ

por | jan 20, 2018

O SISU está chegando e a hora de escolher uma faculdade também. Eu sou o Jonatan e fiz a minha escolha em 2014 sem saber direito o que estava fazendo. Hoje estou no oitavo período de Bioquímica na UFSJ, Divinópolis.

    Diferente dos outros dois cursos de bioquímica existentes no Brasil, o curso na Federal de São João tem ênfase na parte industrial, com toques de empreendedorismo, mas também nas pesquisas.
    Nosso curso é composto por 8 períodos com duração semestral, as matérias podem ser adiantadas ou adiadas e pode-se montar uma grade não necessariamente como prevista para o período, basta solicitar no sistema ou mesmo na coordenação.
     Temos muitas matérias que envolvem cálculo, como física, físico-química, fenômenos de transporte, e também temos muitas biologias, como a biologia celular logo no primeiro período, e além das químicas analítica e fundamental.
   O contato real com a bioquímica começa a acontecer no terceiro período de faculdade no qual começam as matérias específicas para formação de bioquímicos como bioquímicas de cada uma das macromoléculas, bioquímica metabólica e celular. Contamos ainda com aulas práticas e, para mim, a principal característica que adquirimos aqui é o senso crítico-cientifico forte.
  Além de assistir aulas nós temos 144 horas que devem ser preenchidas com atividades extracurriculares. Contam aqui monitorias, instrutorias, iniciação cientifica, participação no movimento estudantil, ligas acadêmicas, PET, empresa júnior, congressos, jornada, projetos de extensão, estágios, ou seja, quase tudo aquilo que poder ser relacionado à faculdade e desenvolvimento de conteúdo científico ou bens para comunidade.
      Como eu disse, nossa faculdade conta com alguns toques para o empreendedorismo. Temos matérias relacionadas a criação e desenvolvimento de empresas e alguns projetos dentro da faculdade que desenvolvem esse lado. Temos atualmente 4 startups as quais os alunos podem fazer parte.
     As iniciações científicas são projetos em que os alunos desenvolvem juntamente com um professor orientador pesquisas que podem acabar por irar o famoso TCC, no final do curso. Aqui vale lembrar que na UFSJ o TCC não é obrigatório para o termino do curso. Podemos escolher entre fazer TCC ou estágio final.
     Nosso campus conta com diversos laboratórios e muitas oportunidades para desenvolvimento de novas pesquisas. No período em que o aluno participa do projeto ele aprende realmente a desenvolver uma pesquisa bem como a escrever artigos e projetos, além de apresentar sua pesquisa em congressos e jornadas.
      O curso é bem abrangente e nos permite uma carteira profissional no conselho regional da química com 13 qualificações, o que permite maior entrada no mercado de trabalho. É considerado um curso com dificuldade acima da média, mas que se torna apaixonante com o tempo. Eu como quase bioquímico, deixo aqui meu convite a conhecer e entrar em contato com egressos e estudantes para saber mais sobre esse mundo tão novo no Brasil que é a bioquímica.

Jônatan Lima
Diretor de relações públicas do Diretório Acadêmico UFSJ e
Presidente da empresa júnior Beta-tech
jou73@live.com

 

Compartilhe este artigo:

Bioquímica Brasil

O movimento Bioquímica Brasil foi fundado em 2014 por egressos e estudantes dos cursos de Bioquímica.

bioquimicabr@gmail.com

Bioquímica Brasil

O movimento Bioquímica Brasil foi fundado em 2014 por egressos e estudantes dos cursos de Bioquímica.

bioquimicabr@gmail.com

0 comentários

Enviar um comentário

REDES SOCIAIS & CONTATO

FACEBOOK LINKEDIN INSTAGRAM

bioquimicabr@gmail.com

FACEBOOK
LINKEDIN
INSTAGRAM

bioquimicabr@gmail.com

Bioquímica Brasil ©. Divulgando Bioquímica desde 2014!